[li no Kobo Touch] O Jardim Secreto

segunda-feira, setembro 30, 2013
Mary Lennox é uma menina de 10 anos de idade, loura, branca e filha de um capitão inglês que mora na India. Seus pais nunca se importaram com ela, por isso ela foi criada por aias (criadas indianas). Quando em um surto de cólera, todos os criados e seus pais morrem, ela é forçada a ir morar na mansão do irmão da sua mãe, o sr. Archibald Craven, que tem mais de cem quartos trancados e um monte de criados. Ela conhece a sra. Medlock, a governanta da casa que mal conversa com ela, e a criada Martha, que a acolhe de braços abertos, apesar da menina mimada a maltratar, e até chamá-la de porca. Um dia, enquanto passeava nos jardins, faz amizade com um pássaro pisco-de-peito-ruivo que a leva a descobrir a chave de um jardim secreto, que estava trancado haviam dez anos, porque a esposa do Sr. Craven havia morrido ali, quando caiu de mal jeito do balanço enquanto estava grávida. Como sempre foi uma criança que seguia suas próprias vontades, ela não hesitou e tomou posse do jardim. Plantou sementes de várias flores, tal com a imperatriz da india, tirou ervas daninhas e plantas mortas com as próprias mãos. Apesar de sempre ter tido poucos amigos , ela se encanta com o irmão de Matha, Dickon Sowerby, de quase treze anos, que é capaz de fazer amizade com todos os animais (tais como: uma raposa, corvo, coelhos, esquilos, um bezerrinho). Ele a ajuda a tratar da terra do jardim, e os dois tornam-se melhores companheiros.







Algum tempo depois, uma noite, ouviu um choro no corredor, e descobriu um quarto com um menino frágil e debilitado, que nem conseguia se levantar da cama. Era Colin Craven, o filho doente do sr. Craven, de dez anos. Como seu parto fora forçado, todos acharam que ele ia morrer, então não o ensinaram a andar, nem a treinar sua musculatura. O resultado é que ele agora era um garoto que não tinha forçar para andar, por isso nunca tinha saído do quarto, e como seu pai não gostava de visitá-lo por fazê-lo lembrar da esposa falecida, o garoto tornou-se mentalmente desequilibrado, o que resultava em choros contínuos pela noite. Entretanto, Colin se sente atraído por Mary e a convida a passar as tardes em seu aposento, conversando e lendo livros. Com assuntos como a India, tigres, deuses e rajás, Mary consegue afastar as tensões de Colin e torná-lo mais confiante a ponto de apresentá-lo a Dickon e seus animais, e os três irem confidencialmente passear no jardim secreto. A amizade deles se torna tão forte que Colin se incentiva a aprender a andar e consegue largar a cadeira de rodas. Entretanto, a sra Medlock tem planos de herdar a mansão, e não vai deixar que três crianças a impeçam.  



Eu sou encantada pelo livro (e filmes) do Jardim Secreto desde que eu tinha a idade da Mary no início (9 anos), não só por causa da história, mas também porque adoro casarões abandonados parecidos com castelos, áreas com verdes, animais e magia, que é, segundo Colin, a força que faz tudo evoluir para melhor, basta pensar positivo. Tenho o filme feito pela Agniezka Holland em 1993. Já vi no Youtube o seriado para a tv britânica BBC de 1975 (o mais ferfeito e parecido com o livro); o norte-americano dos anos 80 (que tem uma Mary morena) e o filme em preto e branco de 1949. Admito que "De volta ao Jardim Secreto", que foi baseado na série dos anos 80, é horrível, mesmo com Camila Belle protagonizando. Nessa versão  Mary casa-se com o primo Colin!  O seriado de 1975 também tem suas peculiaridades; Mary torna-se a melhor amiga do cocheiro John. 



Quantos as trilhas sonoras, na minha opinião, as melhores são do filme de 93 e da série de 75, todas elas instrumentais. "Leaving the docks" e "Mary downstairs" me fazem viajar!



Outro ponto que achei maravilhoso foi o fato de terem abordado a Mágica na série de 1975. Aparece o Colin recitando seu mantra "o sol está brilhando, a grama crescendo, eu também crescerei, e isto é a Mágica!".Em breve farei um tópico com os links dos filmes e seriados do Jardim Secreto.








[Li no Kobo Touch] Eu, Christiane, 13 anos, drogada e prostituida

terça-feira, setembro 24, 2013


Cristiane Silvia é uma mulher que vive na Alemanha. Essa é a autobiografia dela, de como foi parar nas garras das drogas e da prostituição. 




No começo, fiquei sabendo como foi a infância sofrida, que o pai a espancava diariamente, e que sofria bullying na escola por ter vivido na zona rural. Entretanto, ela não se deixou abater e tornou-se a jovem rebelde da classe, insultando os professores e sendo temida por todos. Presenciamos o divórcio dos pais e a ida da irmã mais nova para a casa do pai. Enquanto ela ficava com a mãe e tinha uma vida dura, a irmã ganhava mimos. Quando Cristiane tornou-se amiga da durona Kessi, foi apresentada aos comprimidos e começa a ser uma viciada, além de passar a se vender a vários garotos, apesar de só ter 12 anos. Ela também começa a frequentar a boate Sound. Fica com seu primeiro rapaz, o Atze, que logo dá o fora nela. Mas ela não dá o braço a torcer e passa a andar com Axel, Detlef e Bernd, que trabalham como gigôlos para poderem comprar heroína. Em menos de um mês, ela passa a morar com o trio, começa um relacionamento com Detlef, perde a virgindade com ele, e depois começa a se prostituir na estação Zoo. Se torna viciada em heroína; quando sua mãe descobre, força ela e Detlef a fazerem limpeza. Até conseguem, por 3 semanas, mas poucas semanas depois já estão se drogando de novo. Ela é presa e tenta se limpar inúmeras vezes. 




Há capítulos narrados por Cristiane, pela mãe dela, por Gerhard Ulber, chefe do departamento de Berlim, e da Renate Schinpke (a investigadora do Departamento de tóxicos).

O livro foi feito pelos jornalistas alemães Kai Hermann e Horst Rieck, colaboradores da famosa revista "Stern" , que realizaram uma pesquisa e entrevistaram Cristiane Felcherinow e pessoas ligadas a sua vida quando souberam do depoimento dela no tribunal de Berlim. 




Cristiane conseguiu se formar, trabalhou em livrarias de Berlim, cursou jornalismo e gravou um disco de canções punk, mas infelizmente não conseguiu sair das drogas,  mesmo depois de casar-se e ter filho. Ela sofre de Hepatite C e problemas circulatórios. 








Fotos e trailer do filme de "A Menina que roubava livros"

terça-feira, setembro 17, 2013

Esta semana começei "A Menina que roubava livros". Para comemorar, fiz esse tópico reunindo as fotos e o trailer que já foram lançados. O filme estreará dia 15 de Novembro de 2013. Terá 125 minutos. Eis o elenco:

























Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...